sábado, 19 de junho de 2010

VOAR


escondi um AMOR com medo de perdê-lo, já perdi um AMOR por escondê-lo. Já segurei nas mãos de alguém por medo, já tive tanto medo, ao ponto de nem sentir minhas mãos. Já expulsei pessoas que amava de minha vida, já me arrependi por isso. Já passei noites chorando até pegar no sono, já fui dormir tão feliz, ao ponto de nem conseguir fechar os olhos.Já acreditei em amores perfeitos, já descobri que eles não existem.Já amei pessoas que me decepcionaram, já decepcionei pessoas que me amaram.Já passei horas na frente do espelho tentando descobrir quem sou, já tive tanta certeza de mim, ao ponto de querer sumir.Já menti e me arrependi depois, já falei a verdade e também me arrependi.Já fingi não dar importância às pessoas que amava, para mais tarde chorar quieta em meu canto.Já sorri chorando lágrimas de tristeza, já chorei de tanto rir.Já acreditei em pessoas que não valiam a pena, já deixei de acreditar nas que realmente valiam.Já tive crises de riso quando não podia.Já quebrei pratos, copos e vasos, de raiva.Já senti muita falta de alguém, mas nunca lhe disse.Já gritei quando deveria calar, já calei quando deveria gritar.Muitas vezes deixei de falar o que penso para agradar uns, outras vezes falei o que não pensava para magoar outros.Já fingi ser o que não sou para agradar uns, já fingi ser o que não sou para desagradar outros.Já contei piadas e mais piadas sem graça, apenas para ver um amigo feliz.Já inventei histórias com final feliz para dar esperança a quem precisava.Já sonhei demais, ao ponto de confundir com a realidade... Já tive medo do escuro, hoje no escuro "me acho, me agacho, fico ali"Já cai inúmeras vezes achando que não iria me reerguer, já me reergui inúmeras vezes achando que não cairia mais.Já liguei para quem não queria apenas para não ligar para quem realmente queria.Já corri atrás de um carro, por ele levar embora, quem eu amava.Já chamei pela mamãe no meio da noite fugindo de um pesadelo. Mas ela não apareceu e foi um pesadelo maior ainda.Já chamei pessoas próximas de ;amigo; e descobri que não eram... Algumas pessoas nunca precisei chamar de nada e sempre foram e serão especiais para mim.Não me dêem fórmulas certas, porque eu não espero acertar sempre.Não me mostre o que esperam de mim, porque vou seguir meu coração!Não me façam ser o que não sou, não me convidem a ser igual, porque sinceramente sou diferente!Não sei amar pela metade, não sei viver de mentiras, não sei voar com os pés no chão.Sou sempre eu mesma, mas com certeza não serei a mesma pra SEMPRE! Gosto dos venenos mais lentos, das bebidas mais amargas, das drogas mais poderosas, das idéias mais insanas, dos pensamentos mais complexos, dos sentimentos mais fortes.Tenho um apetite voraz e os delírios mais loucos.Você pode até me empurrar de um penhasco q eu vou dizer: E daí? EU ADORO VOAR!

CLARICE LISPÉCTOR

sábado, 5 de junho de 2010

conjecturas


Como sermos inteligentes e dóceis? Já que a inteligencia nos coloca á um nivel de agressividade intelecutal á um passo das vias de fatos com a fala e a dissertação;e nos pontua como loucos arrogantes e céticos.
É tragico a forma de expressão verbal da qual nos elevamos; pois na certeza de que poucos nos entenderão e quase ninguem estara nos ouvindo!
As vezes sinto-me como que intrinsecamente tenho que matar um ser pensante, um analisador alguem que esta alem.
Mas, este alem me levará alem do que? Muitas perguntas para poucas respostas.
Tendo a certeza de que , quando obter todas as respostas , não terei mais que pensar passando de um ser pensante para um ser usurpante.
Da onde me auto usurparei e começarei a ruminar os pensamentos,as ideologias,as convicções e crenças. Dando assim lugar não mais á criatividade do pensar e da descoberta e sim da vulnerabilidade do obvio e do comum.
Ai neste momento tal agressividade já não existirá, somente a auto piedade de querer ser ouvida e entendida, como em uma explicação de que a2=x. Neste momento perde-se-a a vivicidade do argumento.
De um pensamento passa á ser uma formula.E a intelectualidade do pensar não se aprisiona ele esta além de qualquer método, ele não se iguala somente se difere.E nesta diferença que ditamos para quem e por que somos.
O exercicio da mente é o pensar e neste pensar o destacar-se em produzir a sua propria releitura e desfragmentar as palavras tornando-as algo concreto e de interpretação ímpar e inigualável.
Tornando-nos assim, donos de uma visão literal ou semi literal, não preso ao rigor das palavras , mas sim do intelecto do pensar.
E para tanto, a agressividade esta a favor deste exercicio mental.Quando cito agressividade não quero a indução da brutadidade, mas o ser agressivo ao pensar e no poder da analise e na combatividade da analogia.

"Enquanto eu tiver perguntas e não houver respostas... continuarei a escrever"

"Não quero ter a terrível limitação de quem vive apenas do que é passível de fazer sentido. Eu não: quero uma verdade inventada".

"E o que o ser humano mais aspira é tornar-se ser humano".

"Quando se ama não é preciso entender o que se passa lá fora, pois tudo passa a acontecer dentro de nós".

"Passei a vida tentando corrigir os erros que cometi na minha ânsia de acertar".
"Suponho que me entender não é uma questão de inteligência e sim de sentir, de entrar em contato..
Ou toca, ou não toca".

"É difícil perder-se. É tão difícl que provavelmente arrumarei depressa um modo de me achar, mesmo que achar-me seja de novo a mentira de que vivo".

"O que verdadeiramente somos é aquilo que o impossível cria em nós".

Clarice Lispector

O COMUM


SERIA COMUM HOJE EM DIA UMA FALTA DE EDUCAÇÃO NA MAIS AMPLA ETIMIOLOGIA DA PALAVRA.SOA ESTRANHO QUANDO OUVIMOS:- OBRIGADO(A), DESCULPE-ME, COM LICENÇA, POR FAVOR. NORMAS DE CONDULTA QUE TODOS DEVERÍAMOS PRESERVAR ESTÁ SE ESVAINDO PELO RALO.
ME PARECE O QUE ESTA EM MODA HOJE EM DIA É SER RISPÍDO E GROSSEIRO TOTALMENTE FORA DO CONTEXTO DA "BOA EDUCAÇÃO".
É CALAMITOSO ESTA AÇÃO DE DESUMANIZAÇÃO COM O PROXIMO, AONDE IREMOS PARAR COM ESTE INDIVIDUALISMO DESENFREADO? AO QUE TUDO INDICA SÓ APARECEM "TRIBOS" DE DESELEGANTES, INCOERENTES E DESAJUSTADOS, TUDO BEM QUE É A ADOLESCENCIA OU ALGO QUE AFIRME UM NIVEL DE IDADE OU TESTOSTERONA/ESTROGENEO, MAS ESQUECER-SE DE UMA GENTILEZA É UM ABSURDO E AONDE FICA AQUELA FRASE; -" OS BRUTOS TAMBEM AMAM?"
ARGUMENTO ALGUM É VALIDO PARA JUSTIFICAR UMA DESELEGANCIA OU FALTA DE AMOR PARA COM O PROXIMO!
JA PASSEI POR MUITOS CONSTRANGIMENTOS POR MERA FALTA DE EDUCAÇÃO DO OUTRO. HOJE MESMO FIZ UMA GENTILEZA DE PEGAR PARA UMA MOÇA UM SAQUINHO DE PLASTICO PARA ELA COLOCAR A SACOLA DELA E DEPOIS LACRAR, PARA ADENTRAR AO MERCADO, E NÃO OBTIVE SE QUER UM: -FALÔ AI!
TALVES, É PORQUE ISTO ME IRRITA DE UMA CERTA FORMA QUE SE TORNA TÃO EVIDENTE ESTA "MÁ CONDULTA" NAS PESSOAS QUE SOU ATRAIDA PARA ESTAS SITUAÇÕES.
DENTRO DA "LOTAÇÃO" UMA MOÇA MUITO GENTIL, QUASE TORCEU O MEU DEDO DO PÉ COM SUA SIMPÁTICA BOTA DE CAMURÇA E SE QUER SE DIRIGIU Á MIM ,COM UMA : - DESCULPA MOÇA!
É O FIM DOS TEMPOS!ISTO NÃO ESTA LONGE DAS IGREJAS, NO SEMINARIO QUe ESTUDEI.UM "IRMÃO" COMPROU UM MONTE DE LIVROS(SEMINARISTA É ASSIM, OU DEVERIA), TIROU OS PLASTICOS E DEIXOU-OS NO CHÃO, ELE O MESMO SEMPRE CORTAVA AS UNHAS NA SALA E O CHÃO? CHEIO DE UNHAS..... É O CÚMULO!EMFIM AS BOAS MANEIRAS DEVERIA COMEÇAR PELOS CRENTES.JA QUE O JUIZO COMECARÁ PELA "CASA DO SENHOR".
OLHA COMO É DIFICIL TENTAR ENTENDER E ARGUMENTAR COM O SER HUMANO, ACHO MAIS FÁCIL DOMESTICAR UM CACHORRINHO DO QUE "ENSINAR" O SER HUMANO QUE JÁ ESTA CHEIO DE MANIAS.